Perfil:
Joel Vicente De Sousa


Arquivos:

Amigos (0)::


ESTAR SÓ
30/03/2010 às 18:28

Estar só embalado pela tristeza. Numa noite de amarga incerteza. Tão perto tão longe. Por alguém presente ausente. Por uma presença fria e indiferente. Daquela que foi e já não é. Sem nunca ter partido. Partindo um coração. Deixando na solidão. Um corpo caído ao chão. Sem força para levantar. Com pé desconjuntado para andar. Com coração que só sabe amar. Lagrimas nos olhos a derramar. Soluço no peito que chora. Sem alguém para ouvir. Ouvir o meu clamar. Clamor de misericórdia. Por amor de discórdia. Que me fez viver. Sorrir, agir e crer. Que era possível ser feliz. Num castelo de fada real. Um sonho de amor eterno. Rompido por uma sentença final. Certeza de quem não sou. De vê-la sem te-la. De conviver e viver sem prazer. Porque o meu prazer de viver. Consiste em amar você. Por isto estou tão só. Mesmo com tua presença. Seu desprezo impõe a ausência. Por estar tão só. Faz-me digno de dó.

PSICANALISTA.JOEL@HOTMAIL.COM



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!