Perfil:
Joel Vicente De Sousa


Arquivos:

Amigos (0)::


FORÇA DO AMOR
30/03/2010 às 18:40

A força de um vulcão em erupção. Não chega perto da erupção de minha paixão. A força de um furacão. Não se compara seu reflexo em meu coração. O impacto sísmico de um terremoto em ação. Perde longe para nossos corpo na hora do amor em delírio tesão. A energia desprendida de um relâmpago numa noite escura. É pequena diante da energia desprendida dos nossos órgãos doçura. O imperial som do trovão alarido. Causa menos impacto do que o gemido ao pé do ouvido na hora de um orgasmo concebido. Ao te fazer carinho uso delicadeza. Ao te abraçar forte uso firmeza. Sinto o aroma do perfuma desprendido de minha flor. Passeio minhas mãos em teu corpo sem nenhum pudor. Até chegar o segredo da vulva molhada. Estremece toda entranha no vai e vem de uma falange em roçada. Sedenta pelo encontro do amor. Ser preenchida inundada em gemido clamor. Sem temor de decepção. Pois seu amante jamais lhe permitiu conhecer a frustração. Num vai e vem cavalgada. Noite á dentro vasa madrugada. Até nossos corpos desfalecerem sem nenhuma força ter. Repousarem adormecidos no prazer. A nossa volta os efeitos semelhantes a de um vulcão. Terremoto e furacão, gemidos com efeito maior do que o trovão. Sem contar com nenhuma destruição. Apenas a energia do libido em ação. Liberada pela força da paixão. Te amo, Amo te amar.

PSICANALISTA.JOEL@HOTMAIL.COM



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!