Perfil:
Joel Vicente De Sousa


Arquivos:

Amigos (0)::


DOR, SAUDADE E AMOR
30/03/2010 às 18:56

Hoje reli todas suas cartas. Ouvi todas as promessas de amor. Hipnotizado, petrificado ficou minha alma. Em vez de alegria. Um sentimento estranho invadiu meu ser. Estava diante de uma tragédia. Como se meu único fio de escape. Houvesse arrebentado. Meu corpo em queda livre. Percurso na espera do fim. Viagem por um interminável despenhadeiro. Inesperado novo sentimento. Refazendo minha anatomia. Renovando meus sentimentos. Foi então que. Da garganta sem voz um gemido. No peito torturante batida. Desarmônico descompasso coração. Na mente ardente saudade. Imagem vista nos olhos. Sabor de teus lábios nos meus. No teu interior o meu calor. No meu exterior o teu corpo. Meu olfato teu cheiro. Em minhas mãos o passear por tua pele. Saudade. Senti sua falta. Sabia que você era importante para mim. Sabia que sua falta me fazia falta. Não sabia que sua falta me fazia tanta falta assim. Alegrei-me por sua existência. Entristeci-me por sua ausência. Como sou impotente. Por um momento me senti fraco e debilitado. Senti tua marca em minha vida. E como boi ao matadouro. Morte sem causa. Condenado ao esquecimento. Insignificante. Que prazer há na lembrança? Como esquecer um grande amor? Sábio ou tolo. Qual a recompensa? Resposta quem dará? Latejar do meu corpo. Dor que tortura e consome. O pensamento ignora o sofrimento. Procuro você como garimpeiro procura o diamante. Removendo a terra. Cavando buraco. Derrubando barranco. Lavando cascalho. Causticante sol em seu lombo. Olhos nas pedras. Não sabe se terá sorte. Enriquecer-se-á antes de sua morte. Num fio de esperança. Todos os dias lançam ao trabalho. Em busca constante. Por tão sonhada pedra preciosa. Assim foi o curto circuito que me abateu neste dia. Alegria e tristeza. Dor, amor e saudade.

PSICANALISTA.JOEL@HOTMAIL.COM



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!