Perfil:
Joel Vicente De Sousa


Arquivos:

Amigos (0)::


NOITE ESCURA
30/03/2010 às 21:42

Noite escura. Seu negro manto é aberto. Seu segredo descoberto. Sua latência desvelada. Sua penumbra rompida. Um astro reina. De todos os pontos é enxergado. Seus olhos estão em todas as curvas. A velocidade na reta não lhe incomoda. A penumbra embaixo da copa das arvores. Não pode destruir por completo seu brilho. Noite clara. Assim é chamado o luar. Propícia ao romantismo. Aconchegante aos apaixonados. Inspiradora de poetas. Na arte amadora ou profissional. De colocar no papel. Os sentimentos inefáveis do coração. Inspiração apaixonada. Há quem viva disso. Há quem escreve por prazer. Há quem assim o faz por não suportar. O ardor flamejante de incandescente paixão. Da noite todo momento aproveitado. No inicio para beijar e abraçar. No escuro para amar. No claro para poetizar. Assim a escura negra noite. Foi rasgada pelo luar. Rompida pela aurora. Vivido com paciência o dia. No aguardo da noite chegar. Sem se importar o tipo de lua. Que nesta noite aparecerá. Desejoso de novamente encontrar. Razões que nos faz rir e chorar. O encontro antecipadamente marcado. Por dois corações insaciáveis. Indescritível em palavras. Vividos nas ações. Se a lua não rasgar a noite escura. O ambiente em penumbra ficar. Certamente não haverá poesias. Porque o poeta ocupado estará.

 PSICANALISTA.JOEL@HOTMAIL.COM 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!