Perfil:
Joel Vicente De Sousa


Arquivos:

Amigos (0)::


TEMPERO DO AMOR
30/03/2010 às 22:28

Tantos encontros e desencontros. Queria te fazer participante de mim. De meus pensamentos. Do que sou. Mas o amor é assim mesmo. Cheio de sonhos e desejos. Cheio de esperança. Se não fosse assim. Assim não seria o amor. As vezes parece que o amor não tem pudor. Ânsia por viver as emoções. No corpo e no coração. Parece ignorar qualquer forma de conceito. Que pensadores fazem acerca do amor. Parece que a história, psicologia e filosofia esfriam o amor. Igualmente ignoramos qualquer forma de conselho. Que parece bater de frente com o nosso conceito de amar. Mas amor é amor em qualquer circunstância. Mesmo na fartura ou na escassez. No deserto ou no Oasis. No casebre ou no palacete. Assim é revelado através da história. Os amores que venceram grandes obstáculos. Criaram novos paradigmas. Mudaram costumes de gerações. Influenciaram a arte e a musica. Mas dizem que amor não tem pudor. As vezes parece que não tem mesmo. Quando deixar aflorar sentimento e emoções através do corpo. Sentimentos que por muito tempo permaneceram latentes. Despertados pela força da atração. Sem palavras. Apenas um olhar. Um toque. Um sorriso. Um gesto. Porém tudo interpretado. Tudo compreendido. Ciclonia perfeita entre dois corações. Depois de experimentar esta sensação. As lembranças já não saem da mente. Nem o desejo do coração. Daí tudo nos faz lembrar este momento. Uma música. Um lugar. Um perfume. Um poema. Um romance lido. Trouxeram lembranças. Fizeram voltar á acontecimentos. Não pensei que fosse tão rápida e profunda a ação do amor. Peguei uma caneta e registrei. Tudo que lembrei, vivi e senti. No papel ficaram registradas estas simples palavras. Que inspiram poetas. Dado momento santo. Dado momento um pouquinho depravado. Não tem problema. É para dar tempero. Aos encontros e desencontros. A saudade e o desejo de estar juntos. De querer participar e fazer participante. Desejar, viver e amar.

PSICANALISTA.JOEL@HOTMAIL.COM 



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!